Respondidas
Qual a distância segura entre um campo de algodão de cor e um de fibra branca para não ocorrer misturas genéticas?

Qual a distância segura entre um campo de algodão de cor e um de fibra branca para não ocorrer misturas genéticas?

  
Postado 2 anos atrás
Votos Último

Respostas


O algodoeiro é uma planta hermafrodita ou andrógina, tendo os dois sexos na mesma flor e sem incompatibilidades genéticas e de sincronia de recepção (feminino e masculino). Entretanto, se houver oportunidade, as espécies preferem cruzar os indivíduos para aumentar a variabilidade genética e, assim, ter maiores chances de sobrevivência no processo de evolução, sendo o que ocorre no algodoeiro.

A polinização do algodoeiro, denominada entomófila, é feita por insetos, especialmente abelhas, que podem levar o grão de pólen (que carrega o gameta masculino) por mais de um quilômetro de distância entre as plantas, independentemente da cor da fibra, pois não há barreiras entre elas.

Como as fibras são mutuamente contaminantes, é preciso ter todo o cuidado com o isolamento físico (distância entre os campos) que deve ser de, pelo menos, 500 m, quando houver barreiras de vegetação entre os campos, ou de outras culturas mais altas do que o algodão, e de 1.000 m, quando não tiver barreiras, para evitar o cruzamento entre as plantas possuidoras de fibras de cores diferentes.

É possível implantar e conduzir campos de cultivares de algodão com fibras de cores diferentes a distâncias de até 250 m, sem perigo de contaminação genética, se forem feitas barreiras vegetais, de 25 m de largura (de 20 a 30 fileiras adensadas), entre os campos, com plantas de crescimento mais rápido do que o algodão, como algumas espécies de crotalária, sorgo e milho de porte alto.

Fonte: Algodão : o produtor pergunta, a Embrapa responde / editores técnicos, Napoleão Esberard de Macêdo Beltrão, Alderi Emídio de Araújo, Embrapa Algodão. – Brasília, DF : Embrapa Informação Tecnológica, 2004. 265p. : il. Color. ; – (Coleção 500 perguntas, 500 respostas).

  
Postado 2 anos atrás